R1 Soluções Audiovisuais

Por que o storytelling é essencial em uma apresentação de evento?

avatar

Postado por Paulo Amorim - 17 Julho, 2018

Por que o storytelling é essencial em uma apresentação de evento?

Contar histórias é algo que o ser humano faz desde seus primórdios. Seja através de gravuras, trejeitos, verbalmente ou por textos, transmitir informações através de histórias é um feito que não se dissipou com o tempo. Pelo contrário, hoje é considerado um dos métodos mais eficazes de se engajar um público, o conhecido storytelling. Essa técnica tem sido bastante utilizada na hora de construir uma apresentação de evento.

Utilizado com o intuito principal de chamar atenção e envolver o público-alvo, o storytelling é uma técnica que tem sido aplicada por diferentes áreas, mas sua popularização aconteceu no marketing digital. Porém, para conseguir aplicá-la com propriedade, é preciso se aprofundar no seu significado e técnica.

O que é storytelling?

Storytelling é uma palavra em inglês que significa a capacidade de contar histórias relevantes. Consiste em um método que utiliza palavras e recursos audiovisuais, como imagens, vídeos e sons para transmitir uma mensagem. Esse método promove sua ideia de forma mais persuasiva – sem ser invasivo demais –, afinal contar uma história interessante é uma das maneiras mais eficazes de obter a atenção de alguém.

Mas, transmitir um conceito através do storytelling pode demandar muito mais técnica de que se imagina. Uma história interessante é a soma de alguns fatores, como vocabulário adequado, enredo inteligente e provocativo, além de personagens cativantes. Aquela estrutura básica também vale aqui: toda narrativa precisa ter um começo, meio e fim bem definidos, sem deixar de lado o clímax que irá despertar emoções no receptor da mensagem.

Como começar a trabalhar com storytelling?

O ponto de partida principal para usar a técnica é saber com propriedade quem é seu público-alvo. Afinal, para que se crie uma identificação com a história sendo contada, se faz necessário usar recursos que aproximem a narrativa do espectador, como um léxico apropriado e anseios, dores e emoções próximas aos dos que receberão a mensagem.

O foco, aqui, é cativar uma audiência e encantá-la com sua história. Só assim ela será memorável o suficiente para causar o impacto desejado. Por isso, ter consciência do público com quem falará é fundamental. Da mesma forma, definir com antecedência o seu objetivo permitirá que você construa a narrativa de forma coerente para atingi-lo com mais naturalidade. Verossimilhança também é um ponto importante.

Como aplicar o storytelling em uma apresentação de evento?

Tendo identificado o seu público-alvo e o objetivo principal da sua apresentação, já ficou claro como o storytelling será capaz de te auxiliar no processo. Agora, é o momento de colocá-lo em prática.

O ponto de partida será o tom ideal que deverá conduzir sua história de acordo com quem irá ouvi-la. Busque referências nos mais variados meios: livros, gibis, séries, filmes, redes sociais como o pinterest, entre outros. Essas são excelentes fontes de inspiração.

Com uma ideia do que irá colocar na apresentação, comece a esboçar a história que irá contar antes de partir para a estruturação visual do que contará. Em tópicos, defina os assuntos que considera serem mais apropriados para o início, o meio e o fim. Em seguida, escreva o final da sua história antes de qualquer outra parte dela. Isso é importante uma que se faz fundamental uma conclusão forte que ditará a força da sua apresentação. Isso o ajudará a escrever o começo e o meio sabendo onde irá chegar.

Não esqueça do conflito; não existe história sem ele. Procure um momento de complicação ou desafio dentro do assunto principal e encontre uma maneira de relacionar o público à ele. Terminando o processo de escrita, comece a dividir o conteúdo em slides e busque uma conexão entre eles, tendo sempre em mente como você conduzirá a história durante a apresentação ao público.

Faça da sua história uma conversa, de forma a mais mais próxima da plateia. Assim, você conseguirá mais empatia, atenção e foco até concluir o seu raciocínio.

Por que o storytelling funciona?

A principal característica que faz com que o storytelling seja tão eficiente é o efeito que ele provoca nos receptores de cada história. E tudo acontece no principal órgão do nosso corpo: o cérebro.

Uma história ativa partes do órgão que permitem que o ouvinte transforme a mensagem recebida em uma ideia como se fosse própria. Essa experiência faz com que seja liberada dopamina no sistema neurológico por estar ao vivenciando um evento emocionalmente carregado, o que torna-o mais fácil de ser lembrado.

Assim, encontre no seu conteúdo uma forma de transformá-lo em uma história criativa e atraente. Estruture tudo com cuidado e dê atenção a todo o enredo para que nada fique desconexo e cause uma quebra de atenção. Utilizando essas técnicas cuidadosamente, sua apresentação de evento certamente será um destaque na programação.

 

Como fazer um evento corporativo inesquecível

Posts recentes

Faça diferente nesse Natal!

Leia mais

Ganhamos o Prêmio Caio 2019 em duas categorias

Leia mais

O Grupo R1 e RLA assinam acordo estratégico

Leia mais